Ingressou agora no mercado de drones ou já é um piloto experiente na área? Sendo um novato ou não, é sempre bom aprender coisas novas! Por exemplo, você sabe como pensar na imagem e qual a melhor forma de transmiti-la ao seu espectador? Essa é uma grande preocupação de todo operador de drone! Neste artigo, o ITARC separou os melhores movimentos com drone para você experimentar no seu trabalho. Faça capturas ainda mais atraentes e surpreenda seus clientes!

6 movimentos com drone para uma captura mais profissional

1) Aproximar

Este é um dos movimentos com drone mais fáceis de fazer. Você apenas precisa subir até uma altura segura, verificar se há algum obstáculo ao redor e dirigir o drone para frente. Esse tipo de take é indicado para establishing shot, plano de enquadramento que mostra todo o local onde a cena está ocorrendo. Além disso, é ideal para filmagem no horizonte.

2) Olho de águia

Neste movimento, a câmera do drone fica totalmente voltada para baixo em um ângulo de 90º. O único movimento é subir ou descer a aeronave, sempre com o foco no meio da imagem. Este take deixa a filmagem bem interessante, pois revela, aos poucos, tudo o que tem ao redor do ambiente.

3) Orbital

Este é um dos movimentos com drone de maior nível de dificuldade. Aqui, o foco da sua imagem deve estar no meio do plano, enquanto o drone circula ao redor dele. Para isso, você precisa mexer em três comandos ao mesmo tempo: drone, câmera e gimbal. Acredite, o esforço vai valer a pena!

4) Revelar

Este é um dos movimentos com drone que gera curiosidade e prende a atenção do espectador. A primeira forma de executá-lo é afastando o drone do ponto focal de visão, revelando o que está em volta e por trás da câmera. O segundo jeito mescla essa técnica com o uso do gimbal, movimentando-o para baixo ou para cima.

5) Seguir

Este é um dos comandos encontrados em versões de drones mais atuais. É simples: você seleciona um objeto em movimento e o drone começa a seguir este alvo automaticamente. Neste caso, você não tem muito controle do enquadramento, mas não precisa se preocupar em comandar a aeronave.

6) Parallax

Este é um dos movimentos com drone que necessita de mais planejamento. O piloto precisa pensar na imagem em camadas — algum objeto do cenário dá a impressão de maior movimentação. Por exemplo: um drone saindo de trás das árvores e revelando uma cachoeira.

Dicas bônus: o que não fazer com o drone?

  1. Movimentos bruscos — a aeronave é muito sensível e uma movimentação mais grosseira pode estragar o take;
  2. não filme com o drone parado — sempre troque o foco e mantenha a aeronave em movimento;
  3. evite filmar sob o sol forte — o horário entre 12h e 13h deve ser evitado, pois não há sombras. Prefira o nascer ou o pôr do sol.

Capacite-se com o ITARC!

Gostou de conhecer os melhores movimentos com drone? Aprenda outras técnicas de captura de imagem e vídeo com o ITARC! Nossa escola de drones oferece tudo o que você precisa para se tornar o melhor piloto do mercado.

Faça nosso curso de drone online e formação de Pilotos de RPAS e inicie sua carreira no segmento que mais cresce no Brasil e no mundo. Entre em contato conosco e faça já sua matrícula!

O artigo lhe foi útil? Em nosso blog você encontra mais conteúdos como este! Confira as nossas dicas de filmagem com drone e captação de vídeos com drone. Boa leitura!

Compartilhe: